Contos e passagens pelo olhar de um andarilho cibernético. Perspectivas e análises de um mundo em movimento, onde o homem vive em constante conflito com o seu próprio ser.

quinta-feira, maio 20, 2004

Cotas nas Faculdades - Isso sim é discriminação.

A muito tempo já está sendo discutida a questão de cotas para negros na faculdade. Oras, será que isso vai resolver parte dos problemas de educação? Eu acredito que não. Só a questão de cotas, não garante que o negro possa ter uma vida acadêmica com sucesso. E os livros, apostilas, xérox? Como ele vai sustentar isso?
Também acho esse sistema de cotas discriminatório, pois classe baixa...não é feita só de negros, e as classes mais altas, não são feitas só de brancos. Imagina... um branco que mora na favela, estuda sua vida toda em colégio público e quando presta o vestibular, perde sua vaga para um negro que estudou em colégio particular a vida inteira, mas mesmo não querendo p*** nenhuma, entra na faculdade por causa da cota?
O que deve ser levado em consideração, não é a cor ou raça do indivíduo, mas sim a sua condição econômica e não basta criar cotas, tem que dar condições da pessoa adquirir livros, ter condução, alimentação...
Se for criada cota para negros, então também terá que ter cota para índios, orientais, etc. Muitos não sabem ou não percebem, mas rola um pouco de discrimionação com essas raças também.. claro que em proporções menores, mas por ter muito mais negros aqui.

17 Comentarios:

Anonymous Anônimo filosofou...

Falam de discriminação.. dizem q não existe mais isso e que querem acabar se existir...
E o q estão fazendo.. se não uma descriminação!!
Se o negro, como o oriental, o índio, o branco.. etc etc.. são todos iguais pq tal diferença apenas aos negros??
É a vida..
I aih.. como tá??
bjokas
Clau

7:31 PM

 
Anonymous Anônimo filosofou...

Já q ninguém comenta.. EU comento!! E sabe pq?? pq sou inutil e não tenho o q fazer.. rss
Não quero subestimar o seu blog... antes q pense outras coisas viu!!!!
Mas é q na realidade hj lembrei deste poste e consequentemente do blog e de vc.. óbvio né... rss
É.. na aula de Redação o tema abordado hj foi esse.. cotas na faculdade para negros!!

E tbm vim ver se tinha algo de novo.. mas não tem!!! =/
Td bem.. não queria mesmo..rss
só vim encher o saco e colocar um comentário cheio de linguiça...

bjokas

Clau!

9:09 PM

 
Anonymous Anônimo filosofou...

fala Cepaca. Há muito queria postar um comentário aqui, mas sempre esquecia. Eu ainda nao consegui fechar completamente uma opiniao sobre esse tema (sempre estou mudando...) mas queria deixar aqui algumas consideraçoes:

1) A questao das Politicas de Açoes Afirmativas é uma questao de REPARAÇAO. Por isso, nao faz sentido quando voce fala em dar cotas para pobres. Dar cota aos negros é uma reparaçao historica pela discriminaçao racial e social que os afro-descendentes vem sofrendo há mais de 500 anos. O mesmo para os povos amerindios e seus descendentes. Dar cota para um indio é uma maneira de repara-los por todas as opressoes que eles vem sofrendo... O mesmo com as cotas para as mulheres, deficientes fisicos... Acredito que devam haver cotas para estudantes de baixas rendas nas universidades publicas, mas cotas para negros e indios sao literalmente uma outra historia e devem ser tratadas de forma diferente. Nao podemos cair nesse que tudo é questao de classe... Há uma discriminaçao RACIAL velada em nosso pais que nada tem haver com grana.

2) Constatar que o poder publico nao tem como manter estudantes de baixa renda nos cursos (grana pra xerox, etc) nao justifica a ausencia de politicas de acao afirmativa. Até porque existem negros QUE NAO SAO DE BAIXA RENDA (lembrando mais uma vez que é uma reparaçao historica...)

3) apesar de ser a favor de cotas para indios e negros, nao concordo com a sua sugestao de cotas para orientais. Lembrando mais uma vez que estamos falando de reparaçao historica... Nesse sentido nao faz sentido falar em cotas para orientais. E muito menos para europeus, etc... Negros e indios foram arrancados de suas terras e ainda sao dizimados...

4) Nao sei se voces sabem, mais o movimento indigenista tambem luta por cotas para indios nas universidade publicas. A UNB já discute isso. Só que o mov indigenista nao tem a força historica que o movimento negro tem, sendo muito mais recente. mas a questao das cotas para indios é apenas uma questao de tempo.

5) uma pergunta q uma amiga pernambucana sempre faz nesse debates: voce é contra as cotas em geral (ou seja, cotas para mulheres, deficientes fisicos, idoso) ou somente as para negros? Essa é pra deixar a pulga atras da orelha mesmo...

saudades

7:08 PM

 
Blogger CyberCrow filosofou...

Fala Ká !
Apesar de termos idéias contrárias em alguns pontos, respeito não só a sua opinião, como todas as que forem postadas aqui, pois este blog é um lance democrático mesmo.
Sobre a sua pergunta, a minha resposta/opinião é a seguinte: Não defendo a questão de cotas para raças, sou contra, defendo sim, cotas para quetão econômica. Como você mesma disse, existem negros, índios, brancos; pobres e ricos. Claro que em proporções diferentes. O negro realmente é o povo mais discriminado no Brasil, mas você já percebeu como o Nordestino também é discriminado, principalmente na Região Sudeste? Acho que criar cota para negros só iria gerar mais discriminação, pois muitas pessoas racistas na faculdade pensariam: "-Só está aqui por causa da cota e não pela sua competência."
COTA PARA PESSOAS DE BAIXA RENDA !
mas com investimento em:
- transporte, alimentação, auxílio para compra de materiais, cursos pré-vestibular de graça ou a baixo custo (Como estão fazendo no Rio das Pedras), etc.
E sei que a minha última opinião é meio polêmica, mas acho que deveria ter cobrança de "rendimento razoável" por parte das pessoas que ganharem a bolsa, pois como a diferença econômica aqui é muito "desequilibrada" (poucos ricos e muitos pobres), nem todos conseguirão uma bolsa. É como diz o ditado: "Tudo que vem fácil, não é valorizado e vai fácil."
Temos exemplos de vários projetos sociais que fazem isso, cobram que as crianças tenha bom rendimento escolar.

11:59 AM

 
Blogger CyberCrow filosofou...

Fala Ká !
Apesar de termos idéias contrárias em alguns pontos, respeito não só a sua opinião, como todas as que forem postadas aqui, pois este blog é um lance democrático mesmo.
Sobre a sua pergunta, a minha resposta/opinião é a seguinte: Não defendo a questão de cotas para raças, sou contra, defendo sim, cotas para quetão econômica. Como você mesma disse, existem negros, índios, brancos; pobres e ricos. Claro que em proporções diferentes. O negro realmente é o povo mais discriminado no Brasil, mas você já percebeu como o Nordestino também é discriminado, principalmente na Região Sudeste? Acho que criar cota para negros só iria gerar mais discriminação, pois muitas pessoas racistas na faculdade pensariam: "-Só está aqui por causa da cota e não pela sua competência."
COTA PARA PESSOAS DE BAIXA RENDA !
mas com investimento em:
- transporte, alimentação, auxílio para compra de materiais, cursos pré-vestibular de graça ou a baixo custo (Como estão fazendo no Rio das Pedras), etc.
E sei que a minha última opinião é meio polêmica, mas acho que deveria ter cobrança de "rendimento razoável" por parte das pessoas que ganharem a bolsa, pois como a diferença econômica aqui é muito "desequilibrada" (poucos ricos e muitos pobres), nem todos conseguirão uma bolsa. É como diz o ditado: "Tudo que vem fácil, não é valorizado e vai fácil."
Temos exemplos de vários projetos sociais que fazem isso, cobram que as crianças tenha bom rendimento escolar.

12:05 PM

 
Blogger fabianojuju filosofou...

Acho que o certo seria, usar as faculdades publicas exclusiamente para quem estuda em escola publica,já que estes não tem condições de pagar e assim seria dar oportunidade a quem merece e se esforça mesmo não tendo condições finançeiras ex: negros,brancos.
Porque dar cotas só aos negros sendo que tantos brancos que estão em escola publica não terão condições de fazer faculdade.
A questão aqui não é racial é financeira,todos sabem que os negros não vão para a faculdade por motivos financeiros eles e muitos brancos etc.
Quando o governo vai admitir que as faculdades publicas estão lotadas de filhinhos de papai que pagaram a vida toda escola particular e no final vem tirar o lugar dos pobres na faculdade?

4:40 PM

 
Blogger Guilherme filosofou...

Oi Cybercrow. Concordo plenamente com o post. Só acho que ficou faltando falar que as cotas são apenas paliativos, e que isso só faz com que passe a haver menos cobrança encima do governo para fazer escolas de ensino médio melhores.

abs

9:03 AM

 
Anonymous Anônimo filosofou...

A pergunta que nao quer calar...
Será que o negro esta entrando nas universidades pq e negro ou pq ele tem capacidade de passar????
Muita discriminaçao..aderindo a isto, negro está perdendo a sua integridade e sua capacidade por causa de sua cor..
E isso q eu penso.

12:07 AM

 
Blogger Misfits filosofou...

essa é grande democracia que nos oferecem meus caros.....
Cotas e mais cotas, será que não somos competentes o suficiente para obter nosso espaço no meio "social"??? Estão nos adestrando.....

6:16 PM

 
Blogger wilson filosofou...

AdiscriminaçÂo hoje nonosso pais e muito grande e precisa ser crebado este tabu poque ninguen merece ser descriminado?

1:53 PM

 
Blogger M.A.C filosofou...

Quer disser q tudo o negro num tem condições para comprar seu material de dativo, eu não concordo com as cotas nas a sua colocação foi um tanto infeliz.
Em seu Blog diz assim "Só a questão de cotas, não garante que o negro possa ter uma vida acadêmica com sucesso. E os livros, apostilas, xérox? Como ele vai sustentar isso?
" Vc quis diser que todos os negros são pobres ? pq foi isso q deu a entender

1:51 PM

 
Anonymous Henrique filosofou...

Só pelo fato de criar uma cota para outras raças, já se cria a discriminação! Não é pela cor da pele que é medida a inteligência, e sim pelo esforço! Não é justo que uma pessoa perca um lugar na faculdade por causa de uma cota (de raças)!
Concordo que deva haver cotas para alunos que nao tiveram a oportunidade de estudar em uma boa escola, mas dar cotas por raças?!
nao me venham com o papo que é para reparar os danos que a 500 anos foram feitos! Afinal, nao fomos nós que escravizamos e/ou matamos!
Vlw ae pessoal, abraços

7:18 PM

 
Anonymous Anônimo filosofou...

eu tbm acho isso errado pois pq so os negros tem que ter uma cota
e por que so os negros tem um dia de feriado que e conhesido como consiencia negra

8:28 PM

 
Blogger Luiz Felipe filosofou...

Se racismo é crime, os políticos que aprovaram essa cota devem ser presos!

Qual diferença faz ser branco ou negro?

Todos somos humanos! Pensamos, Planejamos e Vivemos!

9:33 PM

 
Anonymous Anônimo filosofou...

não concordo com as cotas para negro e sim para aqueles cujos forem provado serem de baixa renda. E os governantes tem com saber disso pelos cadrastros feito com toda população regulamente.
E tb penso que essas pessoas tenhe direito de sair do ensino medio direto para univessidade.

7:54 PM

 
Anonymous Anônimo filosofou...

Gente é faci facin Brasil país do jeitim , matricula pública, garante disputa nos 50% mais despreparados , e paga escola privada de qualidade, e faz junto , pois Pública, n precisar ter frequência e nem estudar,, tem aprovação automática .Vaga garantida Ferderais .. ah não esquece que tem que ter renda 1,5 salários máximo, será seria que difícil provar isso aqui Brasil...????

4:47 PM

 
Anonymous Anônimo filosofou...

Gente é faci facin Brasil país do jeitim , matricula pública, garante disputa nos 50% mais despreparados , e paga escola privada de qualidade, e faz junto , pois Pública, n precisar ter frequência e nem estudar,, tem aprovação automática .Vaga garantida Ferderais .. ah não esquece que tem que ter renda 1,5 salários máximo, será seria que difícil provar isso aqui Brasil...????

4:48 PM

 

Postar um comentário

<< Home